Blog

Óleo da pupunha faz milagres e seu fruto faz dieta.

A Pupunha é uma excelente fonte de fibra alimentar, proteína e alguns minerais, tais como Ferro, Zinco, Cobre, Manganês, Magnésio, Cálcio, fósforo e Potássio. Vale ressaltar que estes nutrientes também estão presentes na fruta da pupunheira. Minha mãe sempre dizia, que o óleo da pupunha. Era seu coméstico principal para hidratar seus cabelos. Receita de uma índia….maravilhoso!

download (1)

Anúncios

Canela e mel. A mistura perfeita para uma ótima digestão!

Além de conferir sabor, a canela ajuda na conservação dos alimentos devido a sua atividade antimicrobiana.
A canela é também um digestivo natural, isto é, auxilia na digestão dos alimentos. Isso promove um melhor aproveitamento dos alimentos, já que mais nutrientes serão extraídos (sem a necessidade de ter que comer mais para isso). A mistura com o mel e maravilhoso ante de dormir.

Chibé do índio com carne salmourada é uma delícia de refeição e serve como uma dieta combinada(proteína e carboidrato).

Não abro mão dessa dieta balanceada. Como seria essa combinação de alimentos que os indígenas fazem no seu dia a dia. Muito simples e satisfatória para um bom almoço, ou jantar (farinha, sal e água). Geralmente, o chibé é o complemento que os índios substituem pelo arroz, feijão, macarrão e outros. Já que estão longe dos alimentos industrializados, eles mesmos procuram outros meios que possam suprir suas necessidades. Quando comem é de viajantes que levam, ou vão em  busca passando horas ou dias de viagem até chegarem ao seu destino.

A fonte de proteína que os índios mais buscam são as carnes de suas caçadas, pois não há outros meios de conservação. Eles salmoreiam as carnes e, assim, passam semanas comendo carnes ou peixes salmourados, e tudo isso é maravilhoso! É claro que eles têm outros acompanhamentos (banana, batatas e outras raízes tuberosas com fontes de vitaminas e proteínas). Procure indígenas obesos. Eu não sou! 😉

 

Tacacá dos Índios. Maravilhoso sabor (efeito das ervas é a dormencia na boca)

Muitos  ingredientes, sabores e até nomes pouco usuais no restante do Brasil, mas inesquecíveis! Viajar pelo Amazonas, significa descobrir a onipresença do tucupi, o prazer do tacacá, que, devo admitir, à primeira vista não conquista. Mas o toque do caldinho é de dar água…..

Pato no tucupi. Sem palavra!!!:),

O tucupi, liquido de cor amarela forte e típico da região norte do país, é um ótimo exemplo para retratar essa atenção que se voltou para os produtos da cozinha nacional.

A mandioca (também chamada de aipim ou macaxeira) é sem dúvidas um dos nossos mais importantes ingredientes. Possui uma grande importância cultural e histórica. Produto extremamente versátil, onde desde a sua folha até a sua raiz tudo é aproveitado, sendo os indígenas responsáveis pela criação dos subprodutos da mandioca, incluindo o tucupi.

tucupi.jpg

O tucupi está sempre sempre no prato dos Brasileiros. Inclusive o pato no tucupi!!!

Trocando o pão, pela banana da Terra cozida no café da manhã! ;)

A banana da terra cozida traz diversos benefícios para a saúde, por conta dos seus vários componentes. Ela é rica em Vitaminas que pode ser substituidas por outros alimento que contem ( A e C ).  Para quem quer  emagrecer e perder cordura localizada de forma bem eficiente, e não esqueça ao consumir algumas ervas medicinais também pode nos ajudar a limpar o organismo(chá).

Quente ou gelado, o chá é uma das bebidas mais  eficiente e oferece diversos nutrientes e substâncias antioxidantes que protegem o organismo do envelhecimento precoce e algumas doenças.

Os ribeirinhos  e indígenas sempre mantem a forma devido o hábito de consumo. Eles estão sempre distante do mundo industrial.